Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

CPI pede quebra de sigilo de Allan dos Santos e outros seis bolsonaristas

Suspeita de senadores é de que blogueiros tenham recebido dinheiro público para fazer publicações favoráveis ao governo

Por Laísa Dall'Agnol 3 ago 2021, 16h36

A CPI da Pandemia determinou nesta terça a quebra dos sigilos fiscal e bancário de Allan dos Santos e de outros seis blogueiros e donos de sites bolsonaristas.

De acordo com os senadores da comissão, os envolvidos teriam recebido recursos públicos para emitir posicionamentos favoráveis a Bolsonaro em ações de enfrentamento à pandemia de Covid.

O pedido das quebras de sigilo é retroativo ao início de 2018 e, além de Allan dos Santos, vale também para Paulo Enéas, do site Crítica Nacional, Raul Nascimento dos Santos, do Conexão Política, Tarsis de Sousa Gomes, do Renova Mídia, e José Pinheiro Tolentino Filho, do Jornal da Cidade.

As produtoras LHT Higgs, do Brasil Paralelo, e a Farol Produções Artísticas, do portal Senso Incomum, também tiveram a quebra de sigilo solicitada pela CPI.

Continua após a publicidade
Publicidade