Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

CBF versus governo

Uma divergência com o cerimonial da Presidência da República, ocorrida pouco antes do início do sorteio das Eliminatórias, deve ter contribuído para a cara de poucos amigos de Ricardo Teixeira durante o evento. Teixeira insistiu para sentar-se ao lado de Dilma Rousseff. O cerimonial, porém, não abriu mão de colocá-la entre Pelé e Joseph Blatter.

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 11h11 - Publicado em 6 ago 2011, 02h35

Uma divergência com o cerimonial da Presidência da República, ocorrida pouco antes do início do sorteio das Eliminatórias, deve ter contribuído para a cara de poucos amigos de Ricardo Teixeira durante o evento. Teixeira insistiu para sentar-se ao lado de Dilma Rousseff. O cerimonial, porém, não abriu mão de colocá-la entre Pelé e Joseph Blatter.

Publicidade