Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Bolsonaristas fantasiados com roupas militares não são do Exército

Vídeo com ameaças a militantes de esquerda que defendem o impeachment de Bolsonaro ganhou resposta da instituição

Por Robson Bonin Atualizado em 23 mar 2021, 09h52 - Publicado em 22 mar 2021, 20h18

Desde o fim de semana ganhou as redes um vídeo em que homens fantasiados com roupas camufladas — e a boina da brigada paraquedista — e camisetas de apoio a Jair Bolsonaro ameaçam a esquerda a “tentar” levar adiante um processo de impeachment contra o presidente.

O tom da fala de um dos personagens é de levante: “Aê pessoal da esquerda. Quer dizer que vocês querem impeachment, querem derrubar o nosso presidente. Deixa eu falar uma coisa para vocês (mostrando outros homens fantasiados no vídeo), ele não está sozinho. Só para lembrar. Junta o que vocês tiveram de melhor e tentem”.

Em nota, a Seção de Comunicação Social do Comando Militar do Leste informa que não há nenhuma relação da Instituição com o evento citado e que o grupo que aparece no vídeo é formado por ex-militares e civis em geral: “O Exército Brasileiro não compactua com qualquer tipo de conduta ilícita por parte de seus integrantes, repudiando veementemente atitudes e comportamentos em conflito com a lei, com os valores militares e/ou com a ética castrense”.

Leia também:

  • Três em cada 20 vacinas do covid-19 prometidas para o semestre não estão confirmadas.
  • Mais um empecilho para AstraZeneca aprovar vacina nos EUA.
  • Lira adia reformas e apela a cabeças do PIB por união para frear pandemia.
  • PDT vai ao STF para que governo garanta insumos e remédios para intubação.
  • Covid-19: as curvas de casos e mortes por dia no Brasil.
Continua após a publicidade
Publicidade