Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Noblat Por Coluna O primeiro blog brasileiro com notícias e comentários diários sobre o que acontece na política. No ar desde 2004. Por Ricardo Noblat. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Pacto de espuma

Café amargo

Por Ricardo Noblat Atualizado em 30 jul 2020, 19h42 - Publicado em 29 Maio 2019, 09h00

Convidados pelo presidente Jair Bolsonaro a discutirem ao café da manhã no Palácio do Planalto um pacto entre os três poderes da República para salvar o país da depressão econômica, os presidentes da Câmara dos Deputados, do Senado e do Supremo Tribunal Federal saíram de lá sem ter a mínima ideia de que pacto seria esse.

Imaginaram que seriam apresentados por Bolsonaro a uma lista de propostas pelo menos possíveis de serem examinadas, mas não. Não havia proposta alguma, nunca houve. Promete o governo que as apresentará na próxima semana. Os convivas tomaram café e posaram para fotos ao lado do presidente.

E o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara, o pixuleco das manifestações bolsonaristas do último domingo, ainda teve que ouvir Bolsonaro dizer que é mais forte do que ele. Porque Maia pode ajudar a fazer leis. Mas ele, Bolsonaro, pode assinar decretos e remetê-los ao Congresso.

Publicidade