Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Publicidade
Murillo de Aragão Por Murillo de Aragão
O ambiente é de total indefinição e surpresas devem acontecer
O governo federal foi lento e confuso nas respostas à pandemia
O grupo funciona como uma máquina voltada para o poder
O Brasil, por causa das idiossincrasias de seus governantes, errou
O Judiciário ganha força e, com a pandemia, o federalismo também
Esta semana o Congresso poderá votar diversos vetos presidenciais a leis aprovadas. Duas se destacam
É mais fácil prever o futuro em questões judiciais do que o passado
A decisão do ministro do STF, Edson Fachin, colocando Luiz Inácio Lula da Silva na corrida presidencial, muda, obviamente, o cenário
Reduzir o impacto fiscal da PEC Emergencial é brincar à beira do precipício
Publicidade