Clique e assine a partir de 9,90/mês
Me Engana que Eu Posto Por Coluna A verdade por trás de manchetes falsas que se espalham pela internet. Editado por João Pedroso de Campos.

Moro participou de evento patrocinado por PSDB e petroleiras?

Foto que circula em blogs de esquerda é montagem mal feita. Juiz receberá, em maio, prêmio patrocinado por empresas brasileiras e estrangeiras

Por João Pedroso de Campos - Atualizado em 21 Feb 2018, 17h59 - Publicado em 21 Feb 2018, 16h50

Alguns blogs de esquerda têm compartilhado nas redes sociais nos últimos dias uma notícia falsa que mira o juiz federal Sergio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato em Curitiba.

Segundo o boato, Moro participou de um evento patrocinado por partidos políticos, como PSDB e DEM, além de bancos (Santander, Bradesco e Itaú), veículos de comunicação (Folha de São Paulo, O Estado de S. Paulo e Globo) e grandes petroleiras estrangeiras (Shell, Exxon, BP e Statoil).

A ideia da lorota é alardear que os tais patrocínios são provas de que o magistrado é parcial na condução dos processos do braço paranaense da Lava Jato, que tem entre os principais alvos o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e os ex-ministros José Dirceu e Antonio Palocci.

A “notícia” é acompanhada por esta foto abaixo, “comprovante” da participação do juiz no tal evento, que não é sequer nomeado:

Continua após a publicidade
Reprodução/Reprodução

À imagem se segue um texto que aponta supostas ligações entre os “patrocinadores”, Moro e o governo de Michel Temer (MDB). “Mostre essa foto para seus amigos que ainda acreditam nesse juiz BANDIDO, que ganha milhões dando palestras em nome de uma fama fabricada pela midia [sic.] e enfrenta acusações de pedidos de propinas. Nenhum grande bandido está preso na Lava Jato, todos já estão soltos e a operação é apenas um instrumento de perseguição [sic.] política ao ex-presidente Lula”, conclui a notícia falsa, compartilhada 2.764 vezes no Facebook apenas na página do blog Plantão Brasil.

O juiz federal Sergio Moro não participou de um evento patrocinado por partidos políticos, veículos de comunicação, bancos e petroleiras. A imagem que ilustra a notícia falsa é uma montagem – pessimamente executada, aliás – feita a partir de uma foto da participação de Moro em uma sessão da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, no dia 9 de setembro de 2015.

Veja abaixo a foto verdadeira (à esquerda) e a montagem (à direita):

Continua após a publicidade

Desmentida a notícia falsa, a hipótese mais plausível para seu surgimento é a divulgação recente de que Sergio Moro receberá, no dia 15 de maio, em Nova York, o prêmio “Pessoa do Ano”, entregue pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos. Além do magistrado, também será homenageado o ex-prefeito novaiorquino e empresário Michael Bloomberg.

Entre os patrocinadores de mesas do evento estão empresas brasileiras e estrangeiras. A maioria dos apoiadores é composta por bancos, entre os quais alguns nacionais, como BTG Pactual, Bradesco e Itaú, e a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), e várias instituições financeiras estrangeiras, como Bank of America Merril Lynch, Citibank, Safra National Bank e Delta Bank, entre outros. A Petrobras também está entre os patrocinadores.

PSDB, DEM, Folha de S. Paulo, O Estado de S. Paulo, Globo, Shell, Exxon, BP e Statoil, não na lista de apoiadores divulgada pelos organizadores do “Pessoa do Ano” da Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos. Confira aqui a relação completa.

 

Continua após a publicidade

Agora você também pode colaborar com o Me Engana Que eu Posto no combate às notícias mentirosas da internet. Recebeu alguma informação que suspeita – ou tem certeza – ser falsa? Envie para o blog via WhatsApp, no número (11) 9 9967-9374.

 

Continua após a publicidade
Publicidade