Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Matheus Leitão Blog de notícias exclusivas e opinião nas áreas de política, direitos humanos e meio ambiente. Jornalista desde 2000, Matheus Leitão é vencedor de prêmios como Esso e Vladimir Herzog

Um dia, dois escândalos no governo Bolsonaro

Em apenas algumas horas, gestão atual é envolvido em duas suspeitas de corrupção

Por Matheus Leitão 20 Maio 2021, 15h17

O governo de Jair Bolsonaro faz questão de levantar a bandeira da honestidade e ressaltar que não há casos de corrupção na gestão, mas duas notícias em menos de 24 horas mostraram que, de novo, a realidade não é bem assim.

Na terça-feira, 18, à noite, o Jornal Nacional revelou indícios de fraudes em contratos no escritório do Rio do Ministério da Saúde quando Eduardo Pazuello ainda estava no comando da pasta. 

Segundo a reportagem, militares teriam escolhido empresas para reformar prédios antigos sem licitação usando a pandemia como justificativa. Entregaram para uma empresa criada por duas pessoas já envolvidos em corrupção. O escândalo acontece enquanto Pazuello tenta explicar suas falhas no comando do Ministério à CPI da Pandemia no Senado.

Na quarta-feira, 19, menos de 24 horas depois, a Polícia Federal (PF) deflagrou operação que investiga exportação de madeiras ilegais do Brasil para os Estados Unidos e Europa. O ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles foi um dos alvos de mandados de busca.

Os dois casos mostram que a gestão Bolsonaro repete os erros que aponta nos outros governos. Se forem confirmadas as suspeitas em qualquer um dos escândalos, vai ficar evidente que o governo atual não é diferente de gestões que ele tanto critica. Isso sem falar nos nebulosos negócios imobiliários da família, pagos em grande parte com dinheiro vivo.

Continua após a publicidade
Publicidade