Clique e assine a partir de 9,90/mês
Matheus Leitão Blog de notícias exclusivas e opinião nas áreas de política, direitos humanos e meio ambiente. Jornalista desde 2000, Matheus Leitão é vencedor de prêmios como Esso e Vladimir Herzog

PF determina abertura de inquérito sobre ataque hacker contra o governo

Antes mesmo da solicitação do ministro da Justiça chegar à PF, órgão pediu para diretoria de Inteligência iniciar a investigação

Por Matheus Leitão - Atualizado em 2 Jun 2020, 17h26 - Publicado em 2 Jun 2020, 17h17

A Polícia Federal já determinou que a diretoria de Inteligência do órgão inicie uma investigação relacionada ao ataque feito por hackers contra o presidente Jair Bolsonaro, seus filhos e alguns ministros do governo. A solicitação ocorreu antes mesmo do pedido formal do ministro da Justiça, André Mendonça, chegar à PF.

Como adiantou a coluna, Mendonça determinou nesta terça-feira, 2, a abertura do inquérito para apurar o caso, após uma célula brasileira do grupo Anonymous começar a divulgar dados pessoais desses políticos e de aliados bolsonaristas nas redes sociais.

ASSINE VEJA

As consequências da imagem manchada do Brasil no exterior O isolamento do país aos olhos do mundo, o chefe do serviço paralelo de informação de Bolsonaro e mais. Leia nesta edição
Clique e Assine

Até o momento, foram disponibilizadas informações pessoais de Jair Bolsonaro, Flavio Bolsonaro, Carlos Bolsonaro, do ministro da Educação, Abraham Weintraub, e de sua mulher, Daniela Weintraub, assim como da ministra dos Direitos Humanos, Damares Alves, e de Luciano Hang, empresário dono da Havan que é investigado no inquérito das fake news.

Outros aliados também foram alvos dos vazamentos patrocinados pelos hackers do grupo Anonymous. Além da investigação da PF, a Procuradoria-Geral da República (PGR) também está analisando se abre um procedimento investigatório sobre o mesmo caso.

Publicidade