Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Maquiavel Por Coluna A política e seus bastidores. Informações sobre Planalto, Congresso, Justiça e escândalos de corrupção. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

São Paulo: Covas dispara na liderança; segundo lugar tem empate triplo

Tucano passa de 26% para 32% desde a última pesquisa, divulgada no dia 30 de outubro; Russomanno cai oito pontos e aparece numericamente atrás de Boulos

Por Da Redação Atualizado em 9 nov 2020, 19h31 - Publicado em 9 nov 2020, 19h22

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), ampliou a sua vantagem na disputa pela reeleição à prefeitura, segundo pesquisa Ibope feita entre os dias 7 e 9 de novembro e divulgada nesta segunda-feira, 9, Ele cresceu seis pontos desde o último levantamento, divulgado no dia 30 de outubro, e passou de 26% para 32% das intenções de voto.

O deputado federal Celso Russomanno (Republicanos), que já chegou a liderar a disputa, caiu pela sondagem seguida: ele perdeu oito pontos desde o levantamento anterior e está com 12%, atrás numericamente de Guilherme Boulos (PSOL), que manteve os 13%, e empatado tecnicamente com o ex-governador Márcio França (PSB), que tem 10% (tinha 11% na pesquis anterior).

O ex-deputado federal Jilmar Tatto (PT) aparece com 6%, mesmo percentual que tinha no levantamento anterior — ele está empatado tecnicamente, dentro da margem de erro de três pontos percentuais, com França e Russomanno. Arthur do Val (Patriota), oscilou posivtivamente de 3% para 5% e também está empatado tecnicamente com França.

Na sequência, aparecem Joice Hasselmann (PSL), com 2%, Andrea Matarazzo (PSD), com 1%, e Levi Fidelix (PRTB), com 1%. Os candidatos Vera Lúcia (PSTU), Marina Helou (Rede) e Antonio Carlos (PCO) não atingiram 1%.

A pesquisa ouviu 1.204 eleitores e foi registrada na Justiça Eleitoral sob o nº SP‐07164/2020.

Continua após a publicidade
Publicidade