Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
José Casado Por José Casado Informação e análise

Pacheco candidato dificulta a vida de Lula e Bolsonaro em Minas

Minas Gerais é o segundo maior colégio eleitoral, tem 11% dos votos nas mãos de 17 milhões de eleitores. É decisivo

Por José Casado Atualizado em 20 out 2021, 09h10 - Publicado em 20 out 2021, 09h00

O trânsito de Rodrigo Pacheco, presidente do Senado, do DEM para o PSD era previsível. Consequências na disputa presidencial nem tanto.

Minas Gerais é o segundo maior colégio eleitoral, tem 11% dos votos nas mãos de 17 milhões de eleitores. É decisivo.

Pacheco candidato à presidência se tornaria um risco relevante no Estado para os planos de Lula e Bolsonaro, atuais favoritos nas pesquisas.

Pela tradição mineira, partidos valem menos do que acordos locais. E Minas Gerais sempre foi um grande acordo político.

Continua após a publicidade

Publicidade