Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
José Casado Por José Casado Informação e análise

CPI da Pandemia já fez a sua primeira vítima, e não é Bolsonaro

O experiente Renan Calheiros, três vezes presidente do Senado, acabou isolado no bloco majoritário na comissão com a divulgação do seu documento

Por José Casado Atualizado em 19 out 2021, 12h13 - Publicado em 19 out 2021, 09h00

Coisas da política. A primeira vítima do relatório final da CPI do Senado não é o personagem central do pandemônio na pandemia, Jair Bolsonaro, mas o relator, Renan Calheiros (MDB-AL).

O experiente Renan, três vezes presidente do Senado, acabou isolado no bloco majoritário na comissão com a divulgação da versão preliminar do relatório, proeza dos repórteres André Shalders, Julia Affonso e Vinicius Valfré, do Estadão. O texto final só deve ser aprovado na próxima semana.

Ontem, o relator se manteve elíptico: “Lamento que tenha vazado, mas eu até achei bom o resultado, porque antecipou publicamente um debate que era inevitável.”

Presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM) retrucou com acidez: “Pois, eu acho que ele não gostaria de que [alguém] fizesse isso nas denúncias feitas contra ele”.

Na votação do texto final será possível desvendar o último dos mistérios apresentados nessa comissão parlamentar de inquérito —  se o relator Renan apenas tropeçou ou se, na reta final, acabou atropelado pelo senador Calheiros.

Continua após a publicidade

Publicidade