Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Teoria e prática

“Acho que a opinião pública tem de entender primeiro, e acho que o Congresso tem de fazê-la entender. Tem de contribuir para isso. Temos de abrir a discussão, tem de falar. O que não é possível é a tese no Brasil de que é possível ter saúde de qualidade sem mais dinheiro per capita. Não […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 10h45 - Publicado em 16 set 2011, 00h21

“Acho que a opinião pública tem de entender primeiro, e acho que o Congresso tem de fazê-la entender. Tem de contribuir para isso. Temos de abrir a discussão, tem de falar. O que não é possível é a tese no Brasil de que é possível ter saúde de qualidade sem mais dinheiro per capita. Não é. Isso é uma obrigação minha explicar.”

Dilma Rousseff, informando em dilmês castiço que,ao contrário do que tem ocorrido há oito meses e meio, o povo precisa entender o que a presidente está obrigada a explicar.

Publicidade