Clique e assine a partir de 9,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

#SanatórioGeral: Solução ultrapassada

Maria do Rosário tem a sugestão ideal para terminar o trabalho que o PT começou: acabar de vez com a educação brasileira

Por Augusto Nunes - 4 jul 2020, 17h53

“A escolha do novo Ministro segue a tendência neoliberal de Bolsonaro, tratando os estudantes e a Educação brasileira como um produto de mercado. A educação é um direito humano inalienável e isso é o que vamos defender veementemente. #ForaBolsonaro”. (Maria do Rosário, deputada federal pelo PT gaúcho, conhecida pelo codinome Solução no Departamento de Propinas da Odebrecht, ao comentar no Twitter a nomeação de Renato Feder para o Ministério da Educação, revelando que prefere ver no cargo alguém como Fernando Haddad ou Aloízio Mercadante, o que permitiria o êxito da missão a que ambos se dedicaram enquanto foram ministros: destruir de vez o sistema de ensino brasileiro)

Publicidade