Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

O Movimento Pró-Cracolândia foi desmoralizado pelo povo

O Datafolha constatou que oito em cada dez moradores de São Paulo aprovam as internações de viciados planejadas por Doria

Durante 11 dias, os militantes do Movimento Pró-Cracolândia (MPC) repetiram em incontáveis entrevistas, artigos, reportagens, crônicas, comícios em padaria e conversas de botequim que a retomada do espaço público perdido para traficantes filiados ao PCC fora coisa de um governador elitista e de um prefeito partidário de crueldades higienistas. Muito melhor, insistiu o bando de PhDs em feiras de drogas ao ar livre, seria seguir em frente com o programa De Braços Abertos — outra ideia de jerico da finada administração petista que só serviu para ampliar o tumor encravado no centro velho de São Paulo com a distribuição de mesadas consumidas por viciados em crack na compra de mais pedras.

A lengalenga foi silenciada neste fim de semana pelo Datafolha: uma pesquisa sobre o tema constatou que a operação policial promovida em conjunto pelos governos estadual e municipal teve a aprovação de 60% dos moradores de São Paulo. Como o levantamento abarcou todas as classes sociais, está claro que os representantes do povo foram sumariamente demitidos pelos representados.

Durante sete dias, as associações dos inimigos de Geraldo Alckmin e João Doria festejaram a decisão do Tribunal de Justiça paulista que impediu a execução da segunda das inúmeras etapas do plano: com a autorização de psiquiatras incumbidos de avaliar caso por caso, dependentes de crack em situação de risco seriam internados em clínicas especializadas, mesmo que rejeitassem o tratamento. Eufóricos, jornalistas autonomeados porta-vozes da periferia, gigolôs de OnG, jalecos nostálgicos de Fernando Haddad e outras extravagâncias aglomeradas no MPC recitaram de meia em meia hora que só o fim das injustiças sociais pode acabar com cracolândias.

Foram todos desmoralizados pelos números do Datafolha: as internações involuntárias ou compulsórias, defendidas enfaticamente por Doria, têm o apoio de 80% da população paulistana. Isso mesmo: 80%. Ou oito em cada dez moradores de São Paulo. Só são contra esse método 19% dos pesquisados. Levando-se em conta a margem de erro, o índice de descontentes se equipara ao alcançado por Fernando Haddad na surra eleitoral que lhe aplicaram as urnas de 2016.

Como é improvável que a maior cidade do Brasil se tenha transformado na maior concentração de gente rica do planeta, como é certo que o Datafolha não circunscreveu o levantamento à região dos Jardins, pode-se concluir que os doutores em pobreza lidam tão bem com cabeça de pobre quanto Lula lida com o plural. A pesquisa provou que João Doria e Geraldo Alckmin estão no caminho correto, que passa por medidas que garantam aos resgatados do inferno chances de sobreviver com dignidade. Tudo somado, os números reafirmam que os defensores da Cracolândia nem precisam de pedras para comportar-se como zumbis incapazes de raciocinar com lucidez.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Marcelino Rivelles

    Ilude-se quem pensa que o PCC, CV e outras quadrilhas são apenas um grupamento de criminosos. Elas são braços das esquerdas brasileiras, assim como outros braços como a CUT, MST e outras siglas que representam a imensa organização criminosa que são as esquerdas, pois historicamente só sobrevivem e se financiam através do crime. Então, para isso,possuem uma parte da imprensa para sua propaganda (fundamental como já demonstrada por um de seus grandes representantes Goebbles, pois ilude-se quem pensa que o nazismo não era socialismo), as universidades públicas e os “intelectuais”), para defender seu modus operandi.

    Curtir

  2. Júlio Capetini

    Belo texto!

    Curtir

  3. Deixe que os outros vivam vidas pequenas, mas não você. Deixe que os outros discutam por coisas pequenas, mas não você. Deixe que os outros chorem por pequenas feridas, mas não você. Deixe que os outros deixem os seus futuros nas mãos de alguma outra pessoa, mas não você. (Jim Rohn)

    Curtir

  4. É que esses defensores da cracolândia também devem ser dependentes químicos. Alguns jornalistas perderam suas mulas. É uma pena. Hoje assistindo a Globo, vi uma entrevista com um “especialista” da USP relacionada aos números de homicídios em SP. Esse cara falou que os números de SP diminuíram graças ao PCC que tomou conta de todas as facções nesses últimos 10 anos. E tem gente que ainda dá microfone para esse tipo de “gente”.

    Curtir

  5. Agora seria interessante, esses que são contra serem obrigados a ficarem lá e darem um jeito….vamos ver se são capazes de resolver a questão, pois até agora ninguém se pronunciou, pelo contrário, todos ficaram só palpitando, mas ação mesmo, ninguém teve…será que isso dá lucro a alguém? …..Que pena que a maioria da mídia é enganosa, mentirosa, manipuladora…Rede Globo, quando teve oportunidade de calar a boca, não calou e só falou inverdades….Porque quando os outros prefeitos que só souberam GASTAR O DINHEIRO DO CONTRIBUINTE (aliás GLOBO) mostre ou melhor faça uma matéria com os DEVEDORES DE IMPOSTOS, quem sabe assim vocês começam a ter credibilidade. Deixe quem quer ajudar e não atrapalhem, se vocês revertessem toda esse veneno para coisas boas, inclusive impostos, nossa, já seria um bom caminho andado para São Paulo e um exemplo ao Brasil!

    Curtir

  6. Fábio Aparecido

    o fim da cracolandia seria a destruição de vez do PT por isso eles vão tentar de tudo atrapalhar o projeto do DORIA….

    Curtir

  7. Fernando Nunes

    Todo o apoio a João Doria! Parabéns pela coragem de enfrentar o gravíssimo problema, e dar de ombros à corja esquerdista, que se nutre da miséria!

    Curtir

  8. Bom dia!
    Tenho um parente de 16 anos que entrou lá naquele lugar Maldito e nunca mais foi visto!!! A mãe dele chora o dia todo. Não come mais…está se definhando…
    SE TIVESSE A INTERNAÇÃO COMPULSÓRIA ELE PODERIA ESTAR VIVO….COM CERTEZA!
    Antes de falar mal…. Pergunte a uma mãe de um destes meninos o que ela acha…..
    Aliás vamos mandar estes coitados drogados para A REDE GLOBO…. Na avenida Roberto Márinho…Já que eles fazem campanha a favor daquela Cracolandia….Eles devem ter amplos lugares para acolher… Vários médicos para tratarem deles…
    COM O CESAR DEMAGOGO TRALI dando aulas de patinação.
    O DORIA DEVERIAA BATER FORTE NESTA REDE GLOBO.
    O POVO NÃO É BOBO…
    Precisamos mostrar isto…
    As mães destes meninos deveriam ir na REDE GLOBO… MANDAREM ELES PARAREM COM DEMAGOGIA PETISTA E FALAREM SÉRIO SOBRR ESTE ASSUNTO!

    Curtir

  9. Fernando Santos

    É a velha história de sempre: a minoria barulhenta e arruaceira querendo impor suas vontades e caprichos a maioria silenciosa. Só que isso parece que FINALMENTE está chegando ao fim, pois a maioria está se cansando de engolir calada esses devaneios da minoria.

    Curtir

  10. VAMOS EXIGIR QUE O GOVERNO ABRA E MOSTRE A CAIXA PRETA DE IMPOSTOS QUE A REDE GLOBO DEVE!
    PRECISAMOS FREAR ESTA MANIPULADORA DE NOTICIAS….
    COM QUE INTERESSE ELA MANIPULA TANTO????
    SÓ PAU NO DORIA….NO ALKIMIN….NO TEMER…..PQ SERÀ???
    TA DE BRINCADEIRA…OS OUTROS VIRARAM SANTOS????
    ESTRANHO…

    Curtir