Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Dialeto complicado

“Serão necessárias algumas gerações para saber o efeito de ver, na TV, uma mulher falando como chefe da nação”. Marta Suplicy, em sua coluna na Folha deste sábado, avisando que só daqui a 30 ou 50 anos os brasileiros vão descobrir o que a presidente diz em dilmês erudito.

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 09h24 - Publicado em 5 mar 2012, 03h11

“Serão necessárias algumas gerações para saber o efeito de ver, na TV, uma mulher falando como chefe da nação”.

Marta Suplicy, em sua coluna na Folha deste sábado, avisando que só daqui a 30 ou 50 anos os brasileiros vão descobrir o que a presidente diz em dilmês erudito.

Publicidade