Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Cretino fundamental

Haddad garante que os culpados pela crise institucional são os inocentes

Por Augusto Nunes Atualizado em 30 jul 2020, 21h17 - Publicado em 22 nov 2016, 07h03

“Eu não me vejo vivendo numa República. As instituições republicanas funcionam ainda muito na base da facção. Pessoas que não poderiam têm lado. Alguns promotores, alguns jornalistas, juízes, desembargadores”. (Fernando Haddad, demitido do cargo de prefeito de São Paulo na eleição de outubro, afirmando que a culpa pela crise institucional não é dos canalhas, mas dos que divulgam, denunciam ou punem as canalhices)

Publicidade