Clique e assine a partir de 8,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Contadores de cabeças do UOL acabam de descobrir os 800 manifestantes mais numerosos de todos os tempos

“A concentração de protesto no vão do MASP reuniu cerca de 800 pessoas”, calculou o UOL às cinco da tarde deste sábado, atribuindo a indecência matemática a uma “assessoria de imprensa da PM” que, se é que existe, nunca deu as caras na Avenida Paulista. Já eram milhares os indignados com o governo mais corrupto […]

Por Augusto Nunes - Atualizado em 31 jul 2020, 02h30 - Publicado em 7 dez 2014, 17h20

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=EbG7hul9hwI?wmode=transparent&fs=1&hl=en&modestbranding=1&iv_load_policy=3&showsearch=0&rel=1&theme=dark&w=425&h=344]

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=bo1GIfCjMts?wmode=transparent&fs=1&hl=en&modestbranding=1&iv_load_policy=3&showsearch=0&rel=1&theme=dark&w=425&h=344]

“A concentração de protesto no vão do MASP reuniu cerca de 800 pessoas”, calculou o UOL às cinco da tarde deste sábado, atribuindo a indecência matemática a uma “assessoria de imprensa da PM” que, se é que existe, nunca deu as caras na Avenida Paulista. Já eram milhares os indignados com o governo mais corrupto desde a chegada das primeiras caravelas.

A multidão continuou crescendo até o fim da passeata na Praça Roosevelt, atestam os dois vídeos enviados à coluna pela mais confiável das fontes: byMel. “O número de manifestantes cresceu ao longo da caminhada”, acautelou-se o redator decidido a impedir que qualquer ajuntamento hostil ao PT e ao Planalto tenha mais de três dígitos.

Vão perder leitores e vão perder a briga. Para aflição dos jornalistas amestrados, para angústia dos quadrilheiros presos ou (ainda) em liberdade, para desespero da presidente cujo segundo mandato agoniza antes de ter começado, as ruas serão progressivamente tomadas por democratas que redescobriram a força da indignação.

O PT do Mensalão e do Petrolão já foi varrido de São Paulo pelas urnas de outubro. Mesmo investindo dinheiro de propina em tubaína, gorjeta e mortadela, as plateias que junta lembram comício em lugarejo. Logo será assim em todo o Brasil. Mas os redatores a serviço de uma causa perdida são duros na queda.

Como o cálculo não foi corrigido, o UOL tem o dever de pendurar na manchete durante ao menos três dias a proeza dos seus contadores de cabeças. Neste 6 de dezembro de 2014, eles descobriram os 800 brasileiros mais numerosos de todos os tempos.

Continua após a publicidade
Publicidade