Assine
Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Publicidade
Marcos Emílio Gomes
Sobrecarga no SUS, operadoras saudáveis, clientes empobrecidos e mercado com ofertas de baixo custo marcam o cenário brasileiro em plena pandemia
Em novo capítulo do desencontrado combate à covid, a vacinação é tão lenta, incerta e contaminada pela polarização política que não se sabe se dará certo
Carta da elite econômica não inclui a disposição de rever também a distribuição dos custos para salvar o país
Sem negros, sem pobres, sem respeito aos mortos e aos riscos, os atos do domingo exibem contornos de selvageria de classe
O maior problema brasileiro não tem abordagens razoáveis. Quem o reconhece, ignora o tamanho do cofre, o funcionamento da economia ou o jogo democrático
Na escassez de imunizantes, depois dos grupos de alto risco, a lógica indica que o controle da pandemia se faz com a proteção de quem mais precisa circular
Os aumentos empurram mais usuários para o SUS, que tem mais demanda e menos dinheiro
Os verdadeiros invisíveis em planos contra efeito da pandemia são bancos, agronegócio, especuladores, bilionários e funcionários públicos com altos salários
Com os pobres no fim da fila, processo de imunização vai ampliar diferenças entre países, aumentar lucros dos laboratórios e acirrar o preconceito
Publicidade