Assine VEJA por R$2,00/semana
VEJA 55 ANOS

Zagallo: sorte ou estratégia?

Na última semana, o mundo do futebol se despediu de um de seus personagens mais icônicos, o único a vencer quatro Copas. Em 26 de junho de 1974, o 'Velho Lobo' foi destaque na capa de VEJA

Por Natália Hinoue
Atualizado em 19 jan 2024, 09h42 - Publicado em 11 jan 2024, 14h00
Continua após publicidade

Na última semana, o mundo do futebol se despediu de um de seus personagens mais icônicos. Conhecido como “Velho Lobo”, Mário Jorge Lobo Zagallo faleceu no dia 5 de janeiro de 2024, aos 92 anos, com o recorde inigualável de ter sido duas vezes campeão do mundo como jogador e duas à margem do campo.

Em 26 de junho de 1974, o “Velho Lobo”, como era conhecido, foi destaque na capa de VEJA. O treinador liderava a seleção brasileira na disputa da Copa da Alemanha e via o seu trabalho ser questionado pelo desempenho abaixo do esperado da equipe.

“Que Copa essa? De fato, para os brasileiros que acompanham distância os sucessos da Alemanha, a compreensão exata do que está acontecendo em tão longínquas paragens transformou-se num exercício intelectual além das frágeis possibilidades do raciocínio humano. Que time esse? Que Copa essa? Que técnico esse? E o futebol, o que aconteceu com velho futebol?”, questionava o especial de mais de dez páginas, com participação de pessoas próximas ao “Velho Lobo”, como Elba de Pádua Lima, conhecido como Tim, treinador do Santos, e o preparador físico, Carlos Alberto Parreiras.

“O fato que, depois de tantas tão dramáticas manifestações de desalento e revolta diante dos primeiros resultados do time nacional, a seleção brasileira, com os três gols marcados sábado contra os temíveis zairenses, se vê, para espanto geral, na confusa e maravilhosa situação de lutar em razoáveis condições pelo título mundial desse novo estranho esporte – pelo menos para os torcedores pátrios – revelado neste campeonato”, continuava o texto.

O que ninguém sabia é que, mesmo com a derrota em 74, Zagallo voltaria ao topo ao ganhar mais um título com a seleção verde-amarela em 94, trazendo o tetra ao Brasil, como coordenador.

É inegável a grandeza de Zagallo, e não à toa ele foi eleito o nono melhor treinador de todos os tempos pela revista World Soccer, em 2013, e o 27º melhor jogador de todos os tempos pela revista FourFourTwo, em 2020.

Todas as quintas-feiras você, leitor, poderá conferir uma edição antiga no nosso #TBT e ainda consultá-la na íntegra na home do nosso site.

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.