Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Globais defendem Mônica Iozzi, condenada a pagar Gilmar Mendes

Nomes como Patricia Pillar, Marcius Melhem e Bruno Mazzeo, entre outros, saíram em defesa de Mônica

A sentença do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), que condenou a atriz e apresentadora Mônica Iozzi a indenizar em 30.000 reais o ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal), por ter questionado sua decisão a favor do médico Roger Abdelmassih, acusado de estuprar inúmeras de suas pacientes, repercutiu entre atores da Globo. Nomes como Patricia Pillar, Marcius Melhem e Bruno Mazzeo, entre outros, saíram em defesa de Mônica, que afirma não ter ofendido Mendes, apenas questionado a sua decisão. Em 2009, apesar de condenado a mais de 200 anos de prisão, Abdelmassih teve um habeas corpus concedido por Gilmar Mendes. 

LEIA TAMBÉM:
Monica Iozzi sobre Gilmar Mendes: ‘Não houve ofensa’
Mônica Iozzi é condenada a indenizar Gilmar Mendes: R$ 30.000
Despedida de Monica Iozzi do ‘Vídeo Show’ tem lágrimas e karaokê

Mendes, que pedia 100.000 reais por danos morais no processo contra Iozzi, foi questionado — “cúmplice?” — pela atriz no Instragram. “Gilmar Mendes concedeu Habeas Corpus para Roger Abdelmassih, depois de sua condenação a 278 anos de prisão por 58 estupros”, escreveu a ex-âncora do Vídeo Show.

Confira abaixo os posts de defesa dos atores, no Twitter e no Instagram:

 

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Acham que podem tudo por serem artistas e se esconderem atrás de uma empresa. Se vocês apoiam, façam o que ela fez e depois separem mais 30 mil, seus trouxas!

    Curtir