‘Lula é o nosso plano A, B, C, D e E’ para 2018, diz líder do PT

‘Não estamos trabalhando com a hipótese de ser outro candidato’, afirma Carlos Zarattini, que avalia que a Justiça não impedirá petista de disputar eleição

O líder do PT na Câmara, Carlos Zarattini, disse nesta quinta-feira que o partido só trabalha com o cenário que tem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como candidato ao Palácio do Planalto em 2018, embora – diante da possibilidade de ele ser barrado por razões jurídicas – não descarte totalmente a hipótese de apoiar um nome de outra legenda.

“A gente não fecha a porta para outro candidato. Agora o nosso plano A, B, C, D e E é Lula candidato”, disse. “Não estamos trabalhando com a hipótese de ser outro candidato. [Lula] é o nome mais forte, mais viável eleitoralmente, politicamente é um camarada que é a maior liderança do país. Para a gente abrir mão do Lula e ficar discutindo plano B, não tem nenhum sentido”, acrescentou o deputado.

No dia 12 de julho, o juiz federal Sergio Moro, responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância, condenou o ex-presidente – líder nas principais pesquisas de intenção de voto para 2018 – por lavagem de dinheiro e corrupção passiva no processo que envolve a compra de um tríplex no Guarujá (SP). Pela Lei da Ficha Limpa, Lula ficaria impedido de concorrer a cargo eletivo no próximo ano se o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) confirmar a sentença dele até a eleição. Outra restrição é que, no caso de confirmação da sentença, o TRF-4 pode determinar a prisão de Lula.

Zarattini defendeu que Lula é “absolutamente inocente”. Para o deputado, a única prova no processo é a delação de Leo Pinheiro, ex-presidente da OAS, que acusou o petista de ser o dono oculto do apartamento. Segundo Zarattini, Pinheiro fez delação porque estava preso havia um ano, fora condenado a 23 anos de prisão e, idoso, iria passar o resto da vida na cadeia.

Zarattini afirmou que, embora seja cedo para falar de alianças para 2018, a tendência é que partidos que atualmente apoiam o governo do presidente Michel Temer (PMDB) não fiquem coligados com Lula. “Quem ficar com Temer para nós não interessa, porque nós somos oposição radical ao governo. Então, como é que vamos compor com alguém que está no governo?” questionou.

Desde a corrida de 2002, os candidatos do PT incluíram em suas coligações, além de partidos de esquerda, legendas de centro e até direita para estruturar as respectivas campanhas do partido a presidente.

Bolsonaro

O petista avaliou que o deputado Jair Bolsonaro (RJ), segundo colocado na pesquisa Datafolha de junho para a corrida ao Planalto, que recentemente decidiu se filiar ao pequeno PEN para ser candidato a presidente, corre o risco de não ter condições para viabilizar a sua campanha. Segundo Zarattini, Bolsonaro não vai ter “nenhum partido estruturado nacionalmente nem ter tempo de TV”. “Como ele vai fazer campanha para ser vitorioso? Nem sempre é possível fazer o impossível”, ironizou.

O líder do PT citou o exemplo do atual prefeito de São Paulo, João Doria, que, apesar de não ser um político tradicional, tinha por trás o apoio da máquina do PSDB de São Paulo, partido que governa o Estado de São Paulo há mais de duas décadas.

O próprio Bolsonaro, no entanto, tem crescido nas pesquisas de opinião sem contar praticamente com o apoio de seu atual partido, o também pequeno PSC.

(Com Reuters)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Paulo Santos

    O Lula é o Fidel e o Chaves brasileiro. Estamos bem arrumados !!!

    Curtir

  2. O plano pode ser lula. Mas trata-se de um homem idoso com saúde fragil e viciado em alcool e nicotina, além de sofrer de psicopatia. Talvez Deus, ou quiça o diabo, o levem antes, mesmo atrapalhando os planos de um PT completament atrapalhado e sem rumo.

    Curtir

  3. Claudio Stainer

    Esse pessoal do PT necessita abandonar a eterna luta de classes para se chegar à felicidade e viver o Mundo como ele é. Esquecer os patifes Che Guevara, Castro, Stalin, Mao e ler Marx. Se entenderem serão anticomunistas se não entenderem serão comunistas. Há caminhos mais palatáveis para se contornar essa angústia: Nietzsche. Não leiam o Mestre. Vão à Drª Viviane Mosé ou ao Clovis de Barros Filhos. Há livres e palestras no youTube. Basta entender alguma coisa, pelo menos. Salvo os que são analfabetos funcionais. Neste caso contem com o 30% e arrastados deverão ser menos de 10% que apoiaram o PT más acompanharão o féretro nas exéquias de cremação do partido e seus Que trogloditas. Sacco!

    Curtir

  4. Avelino de Freitas Neto

    São tão insignificantes esses correligionários da organização criminosa, que ninguém surge como substituto do bandido político número 1 do País. Aliás, a bem da verdade, por sorte do Brasil.

    Curtir

  5. Marcelo Araújo

    Se esse é o “plano” dos petistas então vcs estão lascados.

    Curtir

  6. news da hora

    O PT é uma organização criminosa , portanto uma quadrilha só tem um líder , que é o Lula . Ainda bem que os Brasileiros terão nomes limpos para escolher no próximo pleito , como Joaquim Barbosa , Luciano Huck , Carmen Lúcia , Bernardinho do Vôlei , Roberto Justus , … , .

    Curtir

  7. Achei que deveriam colocar outro título. Sugestão: “Sensacional! Líder do PT já conhece parte do alfabeto!”

    Curtir