Clique e assine a partir de 8,90/mês

Você sabe o que é o movimento #MeToo?

Movimento contra o abuso sexual mobilizou pessoas a quebrarem o silêncio contra abusadores

Por Da Redação - Atualizado em 23 dez 2019, 10h45 - Publicado em 20 dez 2019, 16h46

O movimento “#MeToo” ganhou força em 2017 quando a atriz Alyssa Milano publicou no seu twitter um pedido para que todas as pessoas que já sofreram assédio sexual usassem a hashtag #MeToo. E foi aí que o termo viralizou não só em Hollywood, mas no mundo todo. Homens e mulheres compartilharam inúmeras histórias de abusos e assédios sexuais.

Diante de tamanho engajamento, podemos dizer que o “Me Too” inspirou milhares de pessoas a quebrarem o silêncio e lutarem pela causa. Mas ainda existe um mundo machista e cruel por trás dessa revolução: homens poderosos muitas vezes chantageiam e abusam do poder para não cairem na boca do povo.

Como foi o caso de repercução mundial, que envolveu um dos homens mais poderosos de Hollywood, Harvey Weinstein. Ele foi acusado de assediar dezenas de mulheres. Entre elas atrizes famosas e ex-funcionarias. Durante anos ele se livrou de processos fazendo acordos de confidencialidade com as vítimas e pagando para que se calassem, além de ameaçar destruir suas carreiras. Porém levantamento realizado pelo jornal The New York Times, mostra que mais de 200 homens influentes perderam seus cargos depois de serem acusados publicamente de assédio sexual.

Publicidade