Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Trump sobe o tom contra extremistas de direita: ‘repugnantes’

Presidente acusou supremacistas brancos e neonazistas de estarem por trás dos atos violentos em Charlottesville. Acompanhe o ‘Giro VEJA’

Por Da Redação Atualizado em 10 dez 2018, 17h47 - Publicado em 14 ago 2017, 18h02

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, subiu o tom das declarações sobre os episódios de violência que aconteceram neste final de semana em Charlottesville. Nesta segunda, ele classificou os supremacistas brancos e neonazistas de “repugnantes” e os acusou de estarem por trás dos atos violentos. Uma pessoa morreu e dezenove ficaram feridas, no sábado, depois que um homem atropelou um grupo que protestava contra a marcha da extrema-direita.

  • Publicidade