Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Rússia pede à OMS aprovação para uso emergencial de vacina

Imunizante foi batizado de Sputnik V, em homenagem ao primeiro satélite artificial do mundo a ser lançado com seres vivos que voltaram a salvo

Por Da Redação
27 out 2020, 20h11

Nesta terça-feira, 27 de outubro, o Fundo Russo de Investimentos Diretos, fundo estatal do país, informou que entregou a sua vacina, a Sputnik V, à OMS para qualificação prévia, ou seja, para obter um registro acelerado e uma aprovação emergencial. A aprovação, segundo o diretor do fundo, Kirill Dmitriev, vai permitir que o antígeno, que é testado no Brasil, seja incluído na lista de produtos médicos que atendem aos principais padrões de qualidade. Além disso, a chefe de Saúde, Anna Popova, afirmou que a Rússia iniciou a produção da EpiVac Corona, seu segundo antígeno para a doença.

Por aqui, o dia foi de movimentação na polêmica sobre a vacina. O governador do Piauí, Wellington Dias, que lidera o grupo de governadores na discussão sobre o tema, enviou uma carta ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre, pedindo uma reunião para falar da crise. A intenção, segundo comentários, é reabrir o diálogo após as divergências da semana passada entre o presidente Jair Bolsonaro e o governador de São Paulo João Doria.

Nas últimas 24 horas, foram 29.787 novos casos de coronavírus e 549 mortes causadas pela doença, de acordo com dados do Ministério da Saúde. No total, o país acumula agora 5.439.641 infectados, 157.946 óbitos e 4.904.046 recuperados. A média móvel dos últimos sete dias é de 24.956 casos e de 444 mortes.

Leia mais sobre a pandemia de coronavírus: https://abr.ai/coronavirus-ultimas

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.