Clique e assine a partir de 9,90/mês

PF atribui lavagem de dinheiro e associação criminosa a Geddel

Inquérito envolve os R$ 51 milhões encontrados em um apartamento em Salvador. PF também vê indícios contra o irmão do ex-ministro e outras três pessoas

Por Da Redação - Atualizado em 10 dez 2018, 14h17 - Publicado em 28 nov 2017, 17h33

A Polícia Federal concluiu o inquérito contra o ex-ministro Geddel Vieira Lima, o irmão dele, deputado Lúcio Vieira Lima, e mais três pessoas no caso dos 51 milhões de reais encontrados em um apartamento em Salvador. Segundo as investigações, há indícios de que o grupo cometeu os crimes de lavagem de dinheiro e associação criminosa.

O relatório foi enviado ao ministro Luís Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal. Cabe à Procuradoria-Geral da República decidir se vai denunciá-los ou não.

Publicidade