Clique e assine a partir de 9,90/mês

Marcos Valério é condenado à prisão no mensalão tucano

Publicitário pegou pena de 16 anos e 9 meses de prisão pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro

Por Da Redação - 18 jun 2018, 18h50

O publicitário Marcos Valério foi condenado pela Justiça de Minas Gerais a 16 anos e 9 meses de prisão pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro no âmbito do mensalão tucano. Outras duas pessoas também foram condenadas na sentença proferida na última sexta-feira.

Cristiano Paz e Ramon Hollerbach receberam a mesma pena pelos mesmos crimes. Os três também deve pagar 400 dias-multa de no valor de um salário mínimo da época em que os crimes foram cometidos.

Segundo o Ministério Público, o mensalão tucano desviou recursos do governo de Minas para financiar a campanha de Eduardo Azeredo, do PSDB, à reeleição, em 1998.

Atualmente, o trio já está preso por envolvimento no mensalão do PT.

Publicidade