Group 21 Copy 4 Created with Sketch.
Giro VEJA com Da Redação

Giro Veja: Maioria do STF vota contra prisão em segunda instância

O resumo das principais notícias desta quinta-feira, 7

Por 6 votos a 5, os ministros do Supremo Tribunal Federal decidiram nesta quinta-feira, 7, mudar o entendimento da prisão em segunda instância. Antes da sessão começar, estava 4 a 3, a favor da prisão. O primeiro voto, nesta quinta-feira, foi da ministra Cármen Lúcia, que votou a favor do cumprimento da pena.
Os ministros Gilmar Mendes e Celso de Mello foram contrários. O voto de desempate, como previsto, foi do ministro e presidente da Corte Dias Toffoli, que também votou contra.

Agora, o entendimento muda para que a prisão aconteça apenas após o trânsito em julgado, ou seja, quando não houver mais recursos. Segundo o Conselho Nacional de Justiça, 4.895 presos ganham liberdade até os casos passarem pelas instâncias restantes do Judiciário. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ex-ministro José Dirceu devem ser beneficiados.

 

Notícias sobre
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. País de bandidos.

    Curtir