Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Fiocruz deve pedir uso emergencial da vacina de Oxford até sexta

Boa parte dos documentos necessários já estão com a Anvisa; pedido de vacinação em massa deve ser feito até 15 de janeiro

Por Da Redação 6 jan 2021, 20h53

Nesta quarta-feira, seis de janeiro, fontes escutadas por Veja afirmaram que a Fundação Oswaldo Cruz deve fazer o pedido de uso emergencial da vacina contra Covid-19, fabricada pela Universidade de Oxford, até a próxima sexta para a Agência de Vigilância Sanitária, a Anvisa.

Em São Paulo, o governo do estado confirmou que iniciará a imunização utilizando duas doses da coronavac, vacina produzida pela companhia chinesa Sinovac, a partir do próximo dia 25. Para que o prazo se concretize, porém, é necessária também a aprovação do órgão regulador.

No Brasil, nas últimas 24 horas, foram registrados 63.430 novos casos de coronavírus e 1.242 mortes causadas pela doença, de acordo com dados do Ministério da Saúde. No total, o país acumula agora 7.873.830 infectados, 198.974 óbitos e 7.036.530 recuperados. A média móvel dos últimos sete dias é de 35.422 casos e de 683 mortes.

Leia mais sobre a pandemia de coronavírus: http://abr.ai/coronavirus-ultimas

Continua após a publicidade
Publicidade