Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Doria recua e fase vermelha na cidade de SP valerá a partir de segunda

Capital e Grande São Paulo, além de outras nove regiões do estado, adotarão a regra mais rigorosa todos os dias das 20h às 6h e durante os fins de semana

Por Da Redação 22 jan 2021, 19h39

Nesta sexta-feira, 22 de janeiro, a Anvisa aprovou o uso emergencial de mais 4 milhões e 800 mil doses da CoronaVac, vacina da companhia chinesa Sinovac produzida em parceria com o Instituto Butantan. Diferentemente das seis milhões aprovadas na primeira vez, essa leva foi produzida no Brasil.

Hoje, o governador do estado de São Paulo, João Doria, estipulou que a partir do dia 25 de janeiro até o dia sete de fevereiro a capital entrará na fase vermelha. Dessa vez, os comércios não-essenciais serão proibidos de funcionar após as oito horas da noite e nos finais de semana. A medida gerou protestos dos comerciantes, que pediram o adiamento da medida.

Nas últimas 24 horas, foram registrados 56.552 novos casos de coronavírus e 1.096 mortes causadas pela doença, de acordo com dados do Ministério da Saúde. No total, o país acumula agora 8.753.920 infectados, 215.243 óbitos e 7.594.771 recuperados. A média móvel dos últimos sete dias é de 51.940 casos e de 1.016 mortes. No mundo, mais de 57 milhões de pessoas já foram vacinadas.

Leia mais sobre a pandemia de coronavírus: http://abr.ai/coronavirus-ultimas

Continua após a publicidade
Publicidade