Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Anvisa aprova uso emergencial de novo medicamento contra a Covid-19

Terapia com anticorpos reduz em cerca de 70% risco de hospitalização e morte pela doença

Por Da Redação 20 abr 2021, 20h05

Nesta terça-feira, 20 de abril, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária aprovou a utilização do REGN-COV2 no tratamento de pacientes com Covid-19. Trata-se de um coquetel formado por anticorpos produzidos em laboratório, que imitam as células naturais do corpo humano. O medicamento é aplicado uma única vez por meio uma aplicação intravenosa e atua impedindo a entrada do vírus nas células. Nos estudos da fase 3, reduziu em até 70% o risco de hospitalização ou morte.

Nas últimas 24 horas, foram registrados 69.381 novos casos de coronavírus e 3.321 mortes causadas pela doença, de acordo com dados do Ministério da Saúde. No total, o país acumula agora 14.043.076 infectados, 378.003 óbitos e 12.561.689 recuperados. A média móvel dos últimos sete dias é de 63.297 casos e de 2.797 mortes. No Brasil, 27.060.413 pessoas receberam a primeira dose da vacina e 10.637.939 a segunda. No mundo, 910 milhões de doses de vacina contra a Covid-19 já foram aplicadas.

Leia mais sobre a pandemia de coronavírus: http://abr.ai/coronavirus-ultimas

Publicidade