Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

A contraofensiva de Temer à denúncia de Janot

Presidente foi acusado nesta segunda-feira por corrupção passiva, com base nas delações da JBS. Acompanhe o ‘Giro VEJA’

Por Da Redação Atualizado em 10 dez 2018, 14h33 - Publicado em 27 jun 2017, 12h36

O presidente Michel Temer prepara uma estratégia para reagir à denúncia apresentada contra ele na noite desta segunda-feira, pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Temer é acusado de cometer o crime de corrupção passiva, com base nas investigações desencadeadas pela delação da JBS.

A intenção do presidente é mostrar que o procurador-geral não tem provas para condená-lo e que ele age para desestabilizar o governo. Em uma outra frente, os aliados do governo pressionam o presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, Rodrigo Pacheco, pra influenciar na escolha do relator da denúncia. Eles querem que o parlamentar escolhido seja alinhado com o Palácio do Planalto.

  • Publicidade