Clique e assine com até 92% de desconto

Minha filha se envolveu com alguém na internet. O que devo fazer?

Rosely Sayão ensina os pais a lidar com filhos que se relacionam com pessoas desconhecidas pela internet

Por Da Redação Atualizado em 4 out 2018, 11h21 - Publicado em 4 out 2018, 10h00

No ‘Família’ desta semana, Rosely Sayão responde a pergunta enviada por Roberto, de São Paulo. Ele conta que sua filha de apenas 12 anos arranjou um amigo virtual maior de idade, de 18 anos, e deseja saber como deve se comportar em relação a isso.

A psicóloga alerta aos pais que é preciso ter cuidados com filhos pré adolescentes na internet sozinhos. “Tem gente de todas as idades e com todos os interesses na internet”, atenta Rosely. A psicóloga sugere que a primeira atitude a ser tomada com amigos ou namorados dos filhos de idade muito diferentes – virtual ou não – é pensar na etapa que cada um dos envolvidos está vivendo. No caso, “12 anos, é uma fase que está terminado a infância e começando a adolescência e 18 é o oposto. Os interesses dessas duas pessoas são muito diferentes”, explica Rosely.

Rosely diz que só conversar não adianta é preciso ter mais atitudes e acompanhar os filhos dessa idade de perto na internet. “Na pré adolescência os filhos não tem maturidade de como se comportar na internet”, alerta.

Quer mandar sua dúvida para a psicóloga Rosely Sayão? Acesse: http://abr.ai/Sayao

  • Continua após a publicidade
    Publicidade