Clique e assine a partir de 9,90/mês

Isabella Nardoni: 10 anos do pior dos crimes

Acompanhe o 'Estúdio VEJA' com Rogério Pagnan, autor do livro sobre o caso que até hoje aterroriza o país

Por Da Redação - Atualizado em 29 mar 2018, 20h09 - Publicado em 29 mar 2018, 19h41

‘Estúdio VEJA’ recebe o jornalista Rogério Pagnan, autor de ‘O Pior dos Crimes – A História do Assassinato de Isabella Nardoni‘ (Record, 2018).

Há exatos dez anos, o país chorava a morte da menina Nardoni, assassinada com cinco anos. Segundo as investigações, Isabella foi espancada e asfixiada antes de ser lançada pela janela do sexto andar do Edifício London, Zona Norte de São Paulo, onde morava seu pai, Alexandre, sua madrasta, Anna Carolina Jatobá, e os dois meios-irmãos.

Rogério Pagnan reuniu laudos, depoimentos e se debruçou sobre o caso por cinco anos. Ele esmiuça o trágico acontecimento e levanta pontos duvidosos presentes na investigação que colocam em xeque a autoria do crime. “Algumas provas policiais que foram apresentadas dizem o contrário da versão oficial, que ficou sacramentada no imaginário popular”.

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade
Publicidade