Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Menino sequestrado pelo Estado Islâmico reencontra mãe no Canadá

Imad Mishko Tammo, de 12 anos, reencontrou a mãe e os irmãos depois de três anos

Por Da Redação - Atualizado em 10 dez 2018, 14h30 - Publicado em 18 ago 2017, 18h31

O jovem Imad Tammo pertencia a uma minoria perseguida pelo grupo extremista. Ele foi separado da família e obrigado ser um combatente mirim até a retomada de Mossul, no Iraque.

Ele chegou a ser atingido por tiros durante alguns combates. Sua mãe, Nofa Zaghla, e seus quatro irmãos chegaram a ficar presos por dois anos, mas conseguiram escapar e buscaram asilo no Canadá. Eles não tinham ideia do paradeiro do filho.

Publicidade