Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Made in Brazil: O sucesso dos games brasileiros

Designers brasileiros estão investindo em peso na produção nacional de games

Por Da Redação - 22 fev 2019, 15h33

Conhecido celeiro de designers de jogos para estúdios estrangeiros, o Brasil passa por uma revolução no setor, com games feitos aqui e para o mercado daqui. A mudança é encabeçada por uma geração de programadores beneficiada pelos avanços da internet e mais bem preparada do que a dos desbravadores dos anos 1980.

 

Lançado há um ano, Celeste foi considerado o jogo revelação de 2018, levando duas premiações no americano Game Awards, o Oscar do setor. O reconhecimento tem sido comemorado no Brasil como um marco do sucesso dos jogos nacionais.

“Aos poucos, o pessoal está deixando de achar que jogo brasileiro tem de ser sobre as aventuras do Saci”, brinca o youtuber e comediante Marcos Castro, do canal Castro Brothers. Ele e o irmão, Matheus, são responsáveis pelas músicas do game A Lenda do Herói, o primeiro jogo brasileiro a ser produzido integralmente através de financiamento coletivo, um sinal da boa recepção do público.

Publicidade

O Brasil é hoje o 13º mercado do mundo, com quase 80 milhões de jogadores, que, no ano passado, movimentaram 740 milhões de dólares em jogos para celular e computador.

Publicidade