Clique e assine a partir de 9,90/mês

Habeas corpus de Lula: os principais momentos da votação em 5 minutos

Dez horas de sessão resumidas em cinco minutos. Resultado do julgamento abre caminho para a prisão do ex-presidente

Por Da Redação - Atualizado em 10 dez 2018, 14h10 - Publicado em 5 abr 2018, 04h55

Luiz Inácio Lula da Silva (PT) teve seu pedido de habeas corpus preventivo negado, após votação em plenário no Supremo Tribunal Federal. Com a rejeição do pedido, Lula fica diante da possibilidade de um mandado do juiz Sergio Moro determinando a imediata execução da pena, de doze anos e um mês de prisão.

Ele não deve ser preso automaticamente, uma vez que ainda tem até a próxima terça-feira para apresentar uma outra espécie de recurso ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), os chamados “embargos dos embargos”.

Após a negação do pedido, os ministro do STF também analisaram a liminar da defesa que impedia o efeito da prisão até o julgamento das duas ações declaratórias de constitucionalidade, que votam sobre o mesmo tema. A liminar também foi negada.

O relator do caso, ministro Edson Fachin, e os ministros Alexandre de Moraes, Luis Roberto Barroso, Luiz Fux e Rosa Weber, e também a presidente do Supremo, Cármen Lucia. votaram contra o habeas corpus. A favor da defesa do ex-presidente estiveram os ministros Gilmar Mendes, Dias Toffoli e Ricardo Lewandowski, Celso de Mello e Marco Aurélio. O placar foi finalizado em 6 a 5.

Publicidade