Clique e assine a partir de 9,90/mês

Brancos sul-africanos na miséria

Conheça as comunidades caucasianas da África do Sul que passam quase despercebidas pela pobreza e tamanho

Por Da Redação - Atualizado em 10 dez 2018, 14h33 - Publicado em 26 jun 2017, 09h01

A porção mínima de brancos miseráveis na África do Sul impressiona justamente pelo tamanho: são grupos 600 vezes menores que o dos negros que também vivem na pobreza extrema. Essas comunidades caucasianas se dizem esquecidas pelo governo e se sentem vítimas de políticas estatais adotadas depois do Apartheid. Em Krugersdorp, vivem cerca de 200 pessoas na mini-favela levantada em um terreno ocupado ilegalmente e abandonada pelo poder público.

Publicidade