Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

A cor da desigualdade

VEJA usou os dados obtidos pelo IBGE para traçar um panorama irrefutável: é assustador o abismo entre branco e negros no Brasil

Por Da Redação - Atualizado em 10 dez 2018, 14h17 - Publicado em 17 nov 2017, 14h38

O país é mais preto que branco. Em um mundo justíssimo, a proporção de negros no Brasil se refletiria nas escolas, nos salários, nos empregos e na política. Acontece o contrário: para qualquer indicador que se olhe, os negros estão invariavelmente em pior situação que os brancos. A justificativa automática, na ponta da língua,  é que isso acontece porque são pobres. Mas não. Acontece porque são negros. E esta situação teve melhora significativa em um único aspecto em décadas: o acesso à universidade.

Publicidade