Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Mãe: um filme para amar ou odiar

Nova obra do diretor Darren Aronofsky está dividindo críticos e o público

Por Da Redação Atualizado em 10 dez 2018, 14h20 - Publicado em 22 set 2017, 19h16

Pense em um filme que pode despertar diversas sensações para quem assiste ao mesmo tempo. E elas não são tão boas assim: raiva, ansiedade, medo e muita tensão. O cineasta Darren Aronofsky – diretor de filmes como Noé, Pi e Cisne Negro – levou apenas cinco dias para escrever o roteiro de Mãe, mas a repercussão do seu filme com certeza vai se estender por muito mais tempo.

De forma rasa – apenas na superfície – Mãe pode ser explicado como um grande pesadelo vivido por um casal, interpretado por Javier Bardem e Jennifer Lawrence. Eles vivem em uma casa isolada de campo e, de repente, começam a receber visitas inesperadas, que mudam totalmente o curso do relacionamento e despertam tensões que antes não existiam.

Publicidade