Clique e assine a partir de 9,90/mês

Novo chatbot do Facebook oferece apoio a quem pensa em suicídio

Iniciativa abre canal no app Mensseger para pessoas depressivas conversarem com um bot, e assim agilizar ajuda via o Centro de Valorização da Vida (CVV)

Por Da Redação - Atualizado em 22 out 2019, 21h27 - Publicado em 22 out 2019, 19h24

A partir desta terça-feira 22, usuários do Facebook podem consultar, exclusivamente no Brasil, uma inteligência artificial para obter informações sobre como evitar o suicídio. O novo serviço é uma parceria da rede social com o Centro de Valorização da Vida (CVV), que busca usar um chatbot no aplicativo Messenger para agilizar os atendimentos e priorizar quem ajuda com questões relacionadas a depressão.

Chamado de Sala de Espera do CVV, o bot, cuja tecnologia foi desenvolvida pela startup Nama.ai, possui respostas prontas para dúvidas, e consegue fazer o encaminhamento para um atendimento de apoio emocional, que será realizado por um dos mais de 3 000 voluntários do CVV em todo o Brasil. Em um comunicado, o Facebook afirma monitorar o tema há dez anos e que consegue detectar termos como “dor da alma”, “tristeza” ou “quero me matar”.

Com esses dados, a empresa tem uma série de protocolos a seguir após o rastreamento. Mas, no nível mais grave de pretensão de suicídio, socorristas locais são acionados pela rede social. Em 2018, 3 500 pessoas em risco de suicídio foram atendidas por esse método.

A nova iniciativa, com a aplicação dos bots a esse sistema, se mostra como um exemplo positivo da redes sociais em meio aos problemas psicológicos dos tempos que as criaram. Pesquisas, além de indicarem o crescimento exponencial de jovens com pensamentos suicida, mostram que o uso e permanência na internet colabora com os sintomas.

Continua após a publicidade

Em 2017, dentre os adolescentes que ultrapassam as três horas diárias em dispositivos eletrônicos, de videogames aos smartphones, foi constatado que há um risco 35% maior de se ter pensamentos suicidas. Nos Estados Unidos, entre 2000 e 2015, por exemplo, o número de suicídios dentre aqueles com entre 10 e 14 anos de idade saltou 65%. Dentre os com de 15 a 19 anos, 45%.

Para acessar o bot e obter informações, relatar algum sentimento próprio ou de familiares sobre suicídio, basta entrar no perfil do CVV no Facebook e clicar em “enviar mensagem”. Especialistas estarão disponíveis para oferecer ajuda. Caso precise de auxílio, ou conheça alguém que necessite, também é possível contatar o CVV pelo número telefônico 188.

Publicidade