Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Assinatura de games é modelo que veio para ficar, diz executivo da Ubisoft

Em entrevista a VEJA, Philippe Tremblay, diretor da gigante francesa, disse que serviço atrai novos jogadores e valoriza catálogo

Por Alessandro Giannini Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 7 Maio 2024, 16h22 - Publicado em 16 jan 2024, 10h42

Quem quiser jogar Príncipe da Pérsia: A Coroa Perdida terá de esperar até quinta-feira, 18. É a data oficial de lançamento da nova versão do clássico videogame, que reabilita o tradicional cenário em duas dimensões das primeiras versões e traz novos desafios para o personagem. Mas para alguns felizardos assinantes do serviço da gigante francesa essa espera terminou na segunda, 15.

O Ubisoft+ Multi-Access e PC Access foram fundidos no Ubisoft+ Premium. O serviço oferece novos lançamentos no primeiro dia e acesso antecipado, como no caso do Príncipe da Pérsia: A Coroa Perdida. Além disso, a empresa também está apresentando o Ubisoft+ Classics no PC, uma seleção com curadoria de jogos populares de catálogo e jogos ao vivo.

Como no caso dos serviços de streaming de filmes e música, a indústria de videogame aposta nas assinaturas para manter o negócio lucrativo e também para renovar o interesse pelos jogos eletrônicos. Pelo visto, a estratégia está dando certo e o redirecionamento do serviço da Ubisoft tem como objetivo extra valorizar o catálogo da marca — um legado com 35 anos de peso.

“Para nós, tem sido muito bom e interessante”, disse a VEJA Philippe Tremblay, diretor de assinaturas da Ubisoft. “O que vemos com o modelo de assinatura é a capacidade de trazer jogadores que ainda não conheceram esse mundo. E tudo isso é descobrir, tornar nossos mundos mais acessíveis a muitos milhões de consumidores que ainda não descobriram nossas franquias.”

Continua após a publicidade

Trabalho em evolução

É um trabalho paulatino. Em abril do ano passado, foi a expansão do console XBox. Agora, os serviços que atendem computadores pessoais e o acesso aos clássicos. Mas o modelo de negócios de assinaturas está em expansão há quatro anos. “Estamos indo para o quinto”, disse o executivo. “Estamos dando as boas-vindas a milhões de jogadores nesta jornada. E é por isso que sentimos que hoje era importante trazer uma evolução à nossa oferta.”

Outro investimento importante da empresa está nos jogos para smartphones. Com a evolução dos modelos de celulares, está mais fácil lançar jogos elaborados e com gráficos mais definidos. “Definitivamente, há mais qualidade nos jogos que estão sendo feitos para celulares”, disse Tremblay, que mencionou como exemplo a versão de Assassin’s Creed para os aparelhos móveis, Codinome Jade. “É algo que também veio para ficar.”

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.