Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Acidente com Tesla em piloto automático mata dois nos EUA

Veículo, um modelo S 2019, estava em alta velocidade numa curva quando derrapou, saiu da pista e atingiu uma árvore

Por Da Redação Atualizado em 19 abr 2021, 14h57 - Publicado em 19 abr 2021, 13h45

Autoridades americanas confirmaram que dois homens morreram no sábado à noite, quando o veículo no qual estavam bateu e pegou fogo, no estado do Texas. Nenhum dos dois foi encontrado ao volante do carro, um Tesla. Eles teriam 59 e 69 anos de idade e ainda não foram identificados.

Segundo a polícia local, o veículo, um modelo S 2019, estava em alta velocidade numa curva quando derrapou, saiu da pista e atingiu uma árvore. A colisão aconteceu por volta das 23h25 (1h25 no horário do Brasil), em uma área residencial de Woodlands, a cerca de 50 quilômetros ao norte de Houston.

O delegado Mark Herman, do condado de Harris, disse em entrevistas que evidências materiais colhidas no local do acidente e entrevistas com testemunhas levam a crer que nenhum dos dois homens estava ao volante.

Carro da Tesla após acidente fatal com dois passageiros -
Carro da Tesla após acidente fatal com dois passageiros – Reprodução/Twitter

“Demorou quatro horas para apagar um incêndio que normalmente demoraria uma questão de minutos”, disse o policial Herman, acrescentando que foram necessários mais de 30.000 galões de água para extinguir o fogo.

Antes do acidente, as esposas de ambos teriam visto os maridos saírem no Tesla para dar um passeio. Segundo elas, eles estariam falando sobre o recurso de piloto automático do veículo.

A Administração Nacional de Segurança de Tráfego Rodoviário dos Estados Unidos disse no mês passado que estava investigando mais de 20 acidentes envolvendo Teslas que estavam usando – ou poderiam estar usando – o piloto automático.

O fundador da Tesla, Elon Musk, tuitou no sábado o relatório de dados de acidentes da fabricante de carros elétricos para o primeiro trimestre de 2021, dizendo que um motorista da Tesla com piloto automático acionado tem 10 vezes menos probabilidade de sofrer um acidente do que um motorista ao volante de um veículo médio.

Continua após a publicidade
Publicidade