Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Variante Ômicron representa risco global ‘muito alto’, diz OMS

Organização Mundial da Saúde ressaltou, contudo, que as incertezas sobre a nova cepa do coronavírus são consideráveis

Por Da Redação Atualizado em 29 nov 2021, 09h11 - Publicado em 29 nov 2021, 09h03

Em um documento técnico divulgado nesta segunda-feira, 29, a Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou que a variante Ômicron do coronavírus representa um risco muito elevado para o planeta. O órgão ressaltou, contudo, que as incertezas sobre a nova cepa são consideráveis.

“Dadas as mutações que poderiam conferir a capacidade de escapar de uma resposta imune e dar-lhe uma vantagem em termos de transmissibilidade, a probabilidade de que a Ômicron se propague pelo mundo é elevada”, disse a OMS.

A organização ponderou que, “dependendo dessas características, podem haver surtos futuros de Covid-19 com consequências graves”, mas que isso depende de “uma série de fatores”. A OMS também afirmou que não foi registrada nenhuma morte associada à variante até o momento.

São necessárias mais investigações para entender melhor o perigo da Ômicron de escapar da proteção da imunidade induzida pelo processo de vacinação e infecções anteriores. A OMS espera ter mais dados nas próximas semanas.

“Infecções de Covid-19 são esperadas em pessoas vacinadas, embora numa proporção pequena e previsível” acrescenta a agência.

(com Agência Brasil)

Continua após a publicidade

Publicidade