Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Vacinação: 3,5 milhões de pessoas estão com a 2ª dose atrasada

Apenas 13% da população está com o esquema vacinal completo; Ministério da Saúde lança campanha para incentivar vacinação

Por Giulia Vidale Atualizado em 12 jul 2021, 13h06 - Publicado em 7 jul 2021, 19h16

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, informou nesta quarta-feira, 7, que 3,5 milhões de pessoas não voltaram aos postos de saúde para tomar a segunda dose da vacina contra Covid-19. Atualmente, apenas 13% da população completou o esquema de imunização com duas doses.

É importante ressaltar que apesar das vacinas contra o novo coronavírus já conferirem algum grau de proteção após a primeira injeção, nos imunizantes de dose dupla – todos, com exceção da Janssen – a segunda inoculação é fundamental para alcançar um alto e duradouro  nível de proteção.

+ Vacina da Janssen contra a Covid-19: o que sabemos sobre ela

“Independente da vacina que você tomou, todas são importantes e se deve buscar a vacina para tomar a segunda dose. Principalmente os idosos, que tem a sua situação imunológica mais comprometida”, alertou Queiroga, em coletiva de imprensa.

Para incentivar os atrasados a retornarem para a segunda dose, o Ministério da Saúde lançou uma nova campanha para para reforçar a importância da vacinação contra a Covid-19. Queiroga defendeu que governo federal, estados e municípios devem reforçar a comunicação para estimular a procura das pessoas que já tomaram a primeira dose para que completem o ciclo dentro do prazo previsto.

Continua após a publicidade

LEIA TAMBÉM: Por que usar máscaras mesmo após a segunda dose da vacina

Queiroga ressalta que não há mais falta de vacinas para aplicação da segunda dose e que mesmo quem já passou do prazo – 28 dias após a primeira dose para a CoronaVac e 12 semanas para as vacinas de Oxford e da Pfizer – devem procurar os postos de saúde.

A meta do ministério é imunizar todos os brasileiros com mais de 18 anos de idade até setembro com a primeira dose e até dezembro com a segunda dose. Até esta quarta-feira, 109,4 milhões de doses foram administradas no país. Destas, 80,7 milhões equivalem à primeira dose, 27,2 milhões à segunda e 1,4 milhão à dose única, da Janssen.

Confira o avanço da vacinação contra a Covid-19 no Brasil:

Continua após a publicidade
Publicidade