Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

SP sai pela primeira vez da fase vermelha

Nenhuma região do estado está na fase mais restritiva da quarentena, algo inédito desde o início do Plano SP, em junho

Por Da redação Atualizado em 21 ago 2020, 19h05 - Publicado em 21 ago 2020, 14h05

Pela primeira vez desde o início da flexibilização da quarentena, em junho, nenhuma região do estado está na fase mais restritiva do Plano SP, em que apenas atividades essenciais podem funcionar. Na última classificação, duas regiões – Franca e Registro – estavam na fase vermelha. Nesta sexta-feira, 21, ambas foram reclassificadas para a fase laranja, após apresentarem melhora nos indicadores.

Na 11ª classificação, válida a partir de segunda-feira 24, apenas seis regiões estão na fase laranja do Plano SP. As demais, o que corresponde a 88,3% da população do estado, estão na fase amarela.

LEIA TAMBÉM: Os desafios da volta às aulas em meio à Covid-19

De acordo com a secretária estadual de Desenvolvimento Econômico Patricia Ellen, “há não somente uma estabilização no platô, mas pela primeira vez uma redução desse platô também no interior”.

No estado como um todo houve uma redução de 3% nas internações nos últimos sete dias, na comparação com os sete dias anteriores. No mesmo período, houve queda de 26% no número de casos e de 16% nos óbitos. No interior, a queda nos óbitos foi de 12%, segundo o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi.

“O estado de São Paulo já esta saindo do platô da doença”, disse o secretário estadual de Saúde, Jean Gorinchteyn, ressaltando que ainda é preciso manter todos os cuidados sanitários. Nesta sexta-feira, 21, o estado de São Paulo atualizou os números para 735.960 casos e 28.155 mortes pela Covid-19. A taxa de ocupação dos leitos de UTI está em 56,8% no estado e em 54,8% na Grande São Paulo.

  • ASSINE VEJA

    Aborto: por que o Brasil está tão atrasado nesse debate Leia nesta edição: as discussões sobre o aborto no Brasil, os áudios inéditos da mulher de Queiroz e as novas revelações de Cabral
    Clique e Assine
    Continua após a publicidade
    Publicidade