Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

90% dos hospitais privados de São Paulo registram aumento de Covid e gripe

Nota do Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios do estado aponta que o número de atendimentos mais do que dobrou em relação há quinze dias

Por Sabrina Brito Atualizado em 7 jan 2022, 19h57 - Publicado em 7 jan 2022, 18h12

De acordo com uma nota técnica preliminar do Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios do Estado de São Paulo (SindHosp), nove em cada dez hospitais da rede privada do estado de São Paulo registraram crescimento no atendimento de pacientes infectados pelo coronavírus e pelo influenza.

Mais da metade desses estabelecimentos (58%) observou um aumento de 110% dos atendimentos. O número equivale a mais que o dobro dos atendimentos de quinze dias atrás.

As informações foram coletadas no último dia 6 pelo SindHosp, que consultou 33 hospitais privados paulistas. Entre eles, 30% eram da capital e 70%, do interior.

Em se tratando de uma nota preliminar, a pesquisa completa será divulgada na semana que vem.

Além disso, mais de três em cada quatro hospitais relataram aumento nas internações por gripe nas últimas duas semanas. Para Francisco Balestrin, presidente do Sindicato, o aumento da demanda deve ser levado a sério. “Entre as grandes preocupações do setor está a contaminação de profissionais de saúde“, afirma.

Continua após a publicidade

Publicidade