Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Recibo de cartão de crédito pode contaminar o corpo com substância química

De acordo com estudo, segurar esse tipo de papel eleva a concentração de bisfenol A na urina. Composto já foi associado a diversos danos à saúde

Por Da Redação 26 fev 2014, 09h56

Manusear papeis térmicos – como os usados em máquinas de cartão de crédito ou de emissão de nota fiscal – pode prejudicar a saúde de uma pessoa. De acordo com uma nova pesquisa, o contato prolongado com o papel contamina o corpo com bisfenol A, substância química que já foi associada a uma série de problemas, entre eles alterações no sistema endócrino e risco de alguns tipos de câncer.

Leia também:

Como manter o bisfenol A longe de seu filho

O estudo foi feito no Hospital Infantil Cincinnati, nos Estados Unidos, com 24 pessoas. Os voluntários foram orientados a segurar – primeiro com e, depois, sem luvas – recibos impressos em papel térmico durante duas horas seguidas. Os pesquisadores recolheram amostras de urinas dos participantes antes e depois desse procedimento.

Segundo o estudo, 83% dos voluntários apresentaram níveis de bisfenol A na urina antes de segurarem os papeis. Após o contato com o papel sem o uso de luvas, a substância foi detectada na urina de todos eles. Ainda segundo a pesquisa, a quantidade de bisfenol A no corpo não se alterou após os participantes segurarem os recibos usando luvas. As conclusões foram publicadas nesta terça-feira no periódico Jama.

Leia também:

Exposição ao bisfenol A pode provocar doenças cardíacas a longo prazo

Continua após a publicidade

Estudo liga bisfenol a obesidade em crianças nos EUA

Exposição ao bisfenol A em grávidas eleva risco de câncer de mama

Composto químico – O bisfenol A é um composto químico que pode ser encontrado em alguns produtos de plástico, em revestimentos internos de latas que condicionam alimento e em papeis térmicos. A substância é um desregulador endócrino – uma vez no organismo de uma pessoa, se comporta de maneira semelhante ao estrógeno, interferindo diretamente no funcionamento de algumas glândulas endócrinas e na secreção de outros hormônios.

Pesquisas já sugeriram que o bisfenol A pode causar infertilidade, aumentar o risco de cânceres como o de próstata e o de mama, levar à obesidade e elevar as chances de síndrome de Down em um feto. “A exposição ao bisfenol A ocorre principalmente por meio de alimentos contaminados, como os enlatados. O contágio pelos papeis térmicos é algo pouco estudado e que pode atingir pessoas que têm contato frequente com recibos, como as que trabalham em supermercados, lojas e postos de gasolina”, diz Shelley Ehrlich, coordenadora do estudo.

Segundo a pesquisadora, ainda não é possível saber quais são as consequências clínicas do contato com esses papeis, mas ela sugere que pessoas que manuseiam o material frequentemente usem luvas nitrílicas sempre que possível.

Continua após a publicidade
Publicidade