Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Os países que mais vacinaram contra a Covid-19

Estados Unidos, China, Israel e Reino Unido lideram a lista com mais de 1 milhão de doses aplicadas

Por Giulia Vidale Atualizado em 10 jan 2021, 18h41 - Publicado em 10 jan 2021, 18h39

Mais de 40 países já começaram campanhas de vacinação em massa contra a Covid-19. Até sexta-feira, 8, mais de 17,7 milhões de doses de vacinas já haviam sido aplicadas no mundo todo, segundo informações do site Our World in Data. Lideram o ranking de países com mais de 1 milhão de doses aplicadas Estados Unidos (5,92 milhões), China (4,5 milhões), Israel (1,69 milhão) e Reino Unido (1,3 milhão).

O número de doses aplicadas não equivale necessariamente à quantidade de pessoas de pessoas vacinadas porque alguns países, como China, Reino Unido e Estados Unidos, já começaram a aplicação da segunda dose dos imunizantes.

Proporcionalmente, o país com maior taxa de vacinação por 100 habitantes é Israel, com 19,55 doses administradas a cada 100 pessoas. O país pretende imunizar todas as pessoas vulneráveis ​​até o fim de janeiro. Em seguida, estão os Emirados Árabes Unidos (9,52), Bahrein  (4,25), Reino Unido (1,91) e Estados Unidos (1,76).

O Reino Unido se tornou o primeiro país do Ocidente a começar a imuniza a população contra o novo coronavírus, no dia 8 de dezembro de 2020. A primeira vacina aprovada para uso emergencial na região foi o desenvolvido pela parceria entre a Pfizer e a BioNTech. Hoje, o país já tem três imunizantes aprovados: além do da Pfizer, autorizou também o uso da vacina de Oxford-AstraZeneca e da Moderna.

Pouco tempo depois, Estados Unidos, Canadá e União Europeia também aprovaram o uso emergencial de vacinas e iniciaram suas campanhas de imunização. No Brasil, a vacinação ainda não começou, mas na última semana foram dados os primeiros passos para que isso aconteça. Na sexta-feira, 8, o Instituto Butantan e a Fiocruz entraram com pedido de uso emergencial de seus imunizantes na Anvisa. A agência tem dez dias para finalizar a análise e emitir seu parecer.

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse que a vacinação pode começar antes de 20 de janeiro, a depender da autorização da Anvisa e da existência de doses disponíveis para serem aplicadas.

Neste domingo, 10, o Brasil registrou 29.792 novos casos e 469 novas mortes. No total, são 8.105.790 casos e 203.100 óbitos confirmados em todo o território nacional.

Continua após a publicidade
Publicidade