Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Ministério da Saúde nega caso de coronavírus em Minas Gerais

'O caso noticiado pela Secretaria de Saúde de Minas Gerais não se enquadra na definição de caso suspeito da Organização Mundial da Saúde', afirma ministério

Por Da Redação Atualizado em 23 jan 2020, 14h55 - Publicado em 22 jan 2020, 17h05

O Ministério da Saúde desmentiu o suposto primeiro caso de coronavírus, registrado no estado de Minas Gerais mais cedo nesta quarta-feira, 22. A Secretaria Estadual de Saúde do Estado havia levantado, em nota oficial, a hipótese de que uma mineira de 35 anos teria contraído o novo coronavírus em viagem à China.

“Não há detecção de nenhum caso suspeito no Brasil de Pneumonia Indeterminada relacionado ao evento na China”, afirmou o Ministério da Saúde.

  • “O caso noticiado pela Secretaria Estadual de Saúde de Minas Gerais não se enquadra na definição de caso suspeito da Organização Mundial da Saúde (OMS), tendo em vista que o paciente esteve em Xangai, onde não há, até o momento, transmissão ativa do vírus”, explicou o órgão federal.

    Segundo o ministério, a OMS determinou que “só há transmissão ativa do vírus na província de Wuhan”, onde o surto teria começado. Xangai fica a cerca de 840 quilômetros de Wuhan, que, de fato, é uma cidade localizada na província de Hubei.

    Continua após a publicidade
    Publicidade