Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Dilma Rousseff tem alta de hospital em Porto Alegre

Exames confirmam que ela sofreu de uma isquemia cerebral transitória. A ex-presidente tomará dois antiagregantes, clopidogrel e aspirina

Por Adriana Dias Lopes Atualizado em 25 Maio 2021, 18h28 - Publicado em 25 Maio 2021, 15h48

Internada no Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre, no dia 24, com dificuldades para falar, Dilma Rousseff teve alta hoje, as 15h30. Os exames confirmaram que ela sofreu uma isquemia cerebral transitória, quando falta fluxo sanguíneo nos vasos. Ela foi submetida a exames de sangue e de ressonância magnética.

LEIA TAMBÉM: Coronavírus pode causar um novo tipo de miocardite

A ex-presidente deixa o hospital com a receita médica de dois remédios antiagregantes, o clopidogrel e a aspirina, que dificultam a formação de coágulos.

Dilma sofreu os sintomas da doença durante uma live online. Ela estava em casa e procurou ajuda médica rapidamente.

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade